Facebook vai ler as mensagens WhatsApp antes da criptografia

0
21

A privacidade é sempre uma preocupação nos aplicativos de mensagens, especialmente se o Facebook estiver envolvido, uma empresa bem conhecida pelos vários escândalos que ocorreram nos últimos anos em torno da segurança de seus aplicativos e dos dados de seus usuários.

É por isso que a notícia que vem desta empresa é especialmente preocupante, o que aparentemente seria seriamente considerar o estabelecimento de um controle muito mais rigoroso sobre as mensagens que são enviadas pelo WhatsApp, a aplicação de sua propriedade.

Como a Forbes ressalta, o WhatsApp e suas mensagens passarão por uma varredura completa pelo Facebook antes que essas mensagens sejam enviadas ao destinatário. Desta forma, eles dizem, eles querem evitar violações dos termos de uso.

O problema é que as mensagens do WhatsApp são supostamente criptografadas e completamente privadas, portanto, se essa alteração fosse realizada, seria o Facebook quem violaria os termos e condições de uso do seu aplicativo.

Ao introduzir um controle intermediário entre enviar e receber, ele colocaria em seus moderadores a capacidade de decidir quais mensagens valem a pena ler e moderar e quais não são.

Seria um algoritmo encarregado de decidir quais mensagens são potencialmente perigosas para enviar à empresa para análise.

Terrorismo, no centro das atenções

Embora o Facebook tenha se recusado a comentar sobre isso, e é por isso que é extraído do artigo original da Forbes, é uma medida que visa conter o terrorismo e a disseminação de outros conteúdos através do WhatsApp, como exemplo pornografia infantil.

É uma intenção louvável, embora tenha um problema básico e fundamental: essa nova filtragem via algoritmo e revisão das mensagens quase anula completamente a criptografia.

É verdade que terceiros não poderão interceptar o tráfego do WhatsApp e descriptografar as mensagens, mas, na prática, pressupõe que o texto não é mais completamente privado, se é que já foi, embora isso seja outro assunto.

Quando esta notícia é aplicada no WhatsApp, certamente haverá aqueles que preferem mudar para outros aplicativos de mensagens alternativas, como o Signal ou o Telegram.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here