GIFs já podem ser compartilhados direto da pesquisa do Google

0
14

O Google decidiu facilitar o compartilhamento de GIFs no seu navegador. Graças a uma nova função, podemos compartilhar diretamente esses pequenos vídeos em  aplicativos de mensagens como o WhatsApp.

Os GIFs se tornaram um recurso comum para compartilhar impressões ou fazer piadas nas redes sociais. A maioria dos aplicativos de mensagens tem sua própria oferta de GIFs, mas, às vezes, você não encontra o que procura e acessa o Google para encontrar a imagem perfeita para cada conversa.

Até agora ele era necessário baixar o GIF no celular  para enviar pelo WhatsApp, mas com o novo recurso do Google Chrome não é mais necessário, você  pode enviar a imagem que deseja sem precisar salvar a imagem no celular.

Esta função nasceu da compra feita pela empresa Mountain View há um ano com a qual adquiriu a biblioteca GIF do Tenor , um mecanismo de busca para esses micro-vídeos. Naquela época, o mecanismo de busca do Google já tinha mais de 12 bilhões de pesquisas relacionadas a GIFs e via a necessidade de melhorar seu serviço nesse sentido.

A partir de agora, quando precisarmos encontrar um GIF específico, podemos acessar a pesquisa do Google e, na seção de imagens, disponibilizaremos o símbolo de compartilhamento para enviar a imagem para uma conversa do WhatsApp, Gmail, Google Hangout, Facebook ou Android.

A empresa não especificou o formato com o qual esse GIF aparecerá nesses aplicativos. Antes dessa função, você já podia compartilhar GIFS do navegador do Google, mas, na verdade, o que você estava enviando era o link para esse GIF dentro do navegador.

 

Como esta nova funcionalidade surgiu do Tenor, podemos esperar um desempenho semelhante, quando você baixar o App Tenor no seu celular e escolher uma imagem, isso permite à você enviar-la a várias redes sociais como o WhatsApp, vendo o GIF completo como acontece com aqueles armazenados no aplicativo ou no próprio celular.

No momento, essa função só estará disponível no navegador do Google para dispositivos móveis, tanto no Android quanto no iOS , mas acredito que não demorará muito para alcançar os outros dispositivos, para que também possamos usá-los em nossos computadores.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here