MySpace Perdeu todas as músicas postadas em sua plataforma entre 2003 e 2015

0
16

 

As pessoas mais jovens podem não se lembrar disso, mas houve um tempo em que a inovação musical e os grupos emergentes estavam relacionados a uma única plataforma: o MySpace. Para se ter uma ideia do volume de movimento que veio a ter, nada melhor que os números: durante doze anos de atividade, 14 milhões de perfis até 50 milhões de músicas.
Como se soube nos últimos dias, há alguns meses o MySpace perdeu todas as músicas que foram carregadas na plataforma entre 2003 e 2015. O problema ocorreu em uma migração entre servidores, quando milhões de arquivos foram perdidos irreversivelmente. Após este evento, a história do MySpace se limita aos últimos três anos, tudo o que foi carregado anteriormente foi perdido.
Houve mais de uma década de esplendor musical em que esta plataforma foi o ponto de partida para grupos como o Artic Monkeys, Lily Allen ou Love of Lesbian. Dentro do Myspace você pode encontrar grupos de todos os gêneros e pesquisar por popularidade ou procurar as últimas músicas carregadas. Milhões de grupos e solistas que foram esquecidos, mas alguns se tornaram sucessos globais.
Embora tenha sido há muito tempo, essa plataforma era gigante em seu setor e em 2011 chegou a 33 milhões de usuários somente nos Estados Unidos.
Depois de pedir desculpas por e-mail, o MySpace descartou qualquer possibilidade de de recuperar qualquer arquivo, um dano incomparável que certamente fará a confiança dos usuários cair e causar uma grande fuga para outras plataformas. Na verdade essa fuga já está acontecendo, o uso do MySpace caiu em grande parte, mas ainda existe um banco de dados importante para salvar e compartilhar.
Embora pareça que tudo aconteceu nos dias de hoje, esse acidente foi sofrido há cerca de um ano poucos meses depois tornou-se público, o MySpace tentou recuperar os arquivos perdidos, sempre sem acabar com a esperança dos usuários.
Não se sabe se esta notícia será o desastre que definitivamente selará o MySpace ou se simplesmente se tornará um espaço ainda menor do que era, mas é difícil acreditar que a empresa americana possa superar essa crise.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here